Notícia
Deixando o coronavírus longe do seu carro.
Deixando o coronavírus longe do seu carro.
17/03/2020 às 23:00

Em diferentes países, os hábitos das pessoas vem mudando graças a pandemia de coronavírus. Lavar bem as mãos e evitar aglomerações são algumas recomendações.

Mas quem trabalha dentro do automóvel, como taxistas e motoristas de aplicativos, convive com um entra e sai de pessoas.


Apresentamos algumas dicas de limpeza de telas, painéis, bancos e volante. Além de quais produtos são eficazes e como deixar o coronavírus longe do seu carro, sem estragar as partes internas da cabine do automóvel.



Quais produtos usar?


O melhor produto ainda é o bom e velho sabão neutro com água (vale detergente, sabonete líquido, desde que neutros). Além de ter propriedades que degradam rapidamente o vírus, diluído em água, não mancha nem danifica as peças da cabine.


Em contrapartida, solventes (a base de álcoois, acetona, querosene, etc) devem ser evitados. Além de poder estragar as partes plásticas, de tecido e de couro dentro do veículo, não afetam a propagação do coronavírus.





Atenção:


Passe uma flanela em todas as partes sempre que for entrar no carro. Painéis, teto, bancos, encosto, revestimento de portas, porta-copos e porta-objetos, teclas e botões, maçanetas, apoios de braços, alças, telas e cinto de segurança (principalmente na fivela, a parte mais manuseada). Depois, passe um pano umedecido apenas com água.


Na sequência, dilua um pouco de sabão neutro em água e, com um pano novo apenas umedecido com a solução, aplique em todas as partes citadas novamente. Não se deve encharcar o pano ou as peças.



Partes mais usadas:


Dê uma atenção especial às peças que você mais manuseia, como volante, alavanca da transmissão e o sistema de multimídia ou de som. Mas não se esqueça também de higienizar os retrovisores, tampa do reservatório de combustível, maçanetas internas e externa e até mesmo a chave. Faça a limpeza diariamente.





Central de multimídia:


Para retirar o pó da superfície, use um pano de microfibra seco. Depois, aplique um pouco de produto específico para telas touch screen, passando na tela com movimentos suaves.



Revestimento de couro:


São os mais fáceis de limpar, mas nada de usar produtos abrasivos, a base de álcool ou com solventes e alvejantes. Depois de remover a poeira e sujeira inicialmente com um pano úmido com água, use novamente a solução com sabão neutro e água.


Também é possível limpar as superfícies sintéticas com lenços umedecidos (desses que tiram maquiagem ou para limpeza de bebês). Eles geralmente contêm detergente neutro e hidratantes, o que ajuda a conservar o material.





Ar-condicionado:


Procure utilizar o ar-condicionado sempre o modo aberto, evitando a recirculação, pois isso não permite a renovação do ar dentro da cabine.


Vale também uma higienização do sistema de climatização, que acumula resíduos e ácaro. Troque o filtro de ar da cabine uma vez ao ano e faça o serviço de limpeza. Esse serviço pode ser feito em lojas especializadas, ao custo de R$ 100,00 a R$ 200,00, ou mesmo em casa, com produtos específicos (seguindo a recomendação do fabricante na própria embalagem).



Janelas abertas:


Em algumas partes do dia procure andar com os vidros abertos, mesmo com o calor. Isso também ajuda a fazer o ar circular dentro da cabine.



Álcool em gel e lenços:


Mantenha sempre dentro do veículo um vidro de álcool em gel ou pacote de lenços umedecidos. Se for motorista de táxi ou de aplicativo, ofereça os produtos para os clientes e higienize as mãos, unhas, dedos e punhos toda vez após manusear dinheiro ou cartões.





Gostou do conteúdo? Siga a gente no Facebook e Instagram e fique por dentro de tudo!
Fonte: Webmotors