Notícia
Gasolina comum, aditivada ou premium? Quais as principais diferenças?
Gasolina comum, aditivada ou premium? Quais as principais diferenças?
02/06/2020 às 12:12

Existem diversos tipos de combustíveis disponíveis no postos, como “Gasolina Comum”, “Gasolina Aditivada” e “Gasolina Premium”. Com isso, muitos motoristas ficam na dúvida sobre qual é a diferença entre eles e o que pode ser melhor para o seu veículo. Acompanhe essa noticia e saiba efetivamente as vantagens de cada uma.

 



GASOLINA COMUM


A “Gasolina Comum” está no cotidiano da maioria dos motoristas e é vendida em praticamente todos os postos de gasolina. Essa gasolina é obtida a partir do combustível tipo “A”, que não tem nenhuma adição de etanol e não é vendida nos postos de gasolina. A “Gasolina Comum” é identificada como “Tipo C”, tendo uma adição de 27% de etanol anidro (sem água).

A “Gasolina Comum” tem a coloração amarelada, pois não recebe nenhum aditivo além do etanol, tanto que antigamente, nos anos 70 e 80, era conhecida como “Gasolina “Amarela”, quando a gasolina mais nobre (e mais cara) tinha coloração azulada.

A “Gasolina Comum” tem octanagem mínima de 87 IAD (índice antidetonante). Esse índice determina a resistência do combustível à detonação antes da centelha.



GASOLINA ADITIVADA


Outra gasolina comum nos postos é a “Gasolina Aditivada”, que além da adição do etanol, que é obrigatória, essa gasolina também recebe a adição de detergentes e dispersantes em sua composição. Esses componentes têm a função de limpar o interior do motor, como câmaras de combustão e formações de carvão em válvulas, por exemplo. Normalmente, a “Gasolina Aditivada” tem a mesma octanagem que a “Gasolina Comum”, mas dependendo da distribuidora pode haver alguma diferença.

 


GASOLINA PREMIUM


Acima da “Gasolina Aditivada” encontramos os combustíveis conhecidos genericamente como “Premium”. Ela é indicada para motores mais avançados tecnicamente e sua principal característica é a maior octanagem. O uso das “Gasolinas Premium” não aumenta a potência do motor nem melhoram o desempenho do automóvel, mas extraem o melhor do propulsor.

A “Gasolina Premium” é indicada especialmente aos esportivos importados e deve ser utilizada em automóveis que foram desenvolvidos para funcionar com ela. Essa orientação costuma estar no manual do veículo e na tampa do reservatório.

Utilizar “Gasolina Comum” ou “Gasolina Aditivada” em automóvel feito para trabalhar com “Gasolina Premium” pode resultar em piora de desempenho, mas o inverso não ocorre. Carro desenvolvido para funcionar com “Gasolina Comum” não vai andar mais com a “Gasolina Premium”.



Gostou do conteúdo? Siga a gente no Facebook e Instagram e fique por dentro de tudo!

Fonte: Jornal do Carro (Estadão)