Notícia
Guia rápido: Pastilha de freio.
Guia rápido: Pastilha de freio.
02/07/2020 às 12:00

Um dos cuidados preventivos mais importantes para qualquer motorista sem dúvidas é a correta manutenção dos freios. Com ela é possível garantir a eficiência da frenagem nas mais variadas situações.

Quando o pedal é acionado, a pastilha de freio atua em contato direto com o disco, o que torna o seu desgaste algo inevitável. Por isso, esse componente merece uma atenção especial.


Listamos para você algumas informações sobre esse componente tão importante. Confira!

 


Qual é o papel da pastilha de freio?


As pastilhas fazem parte do sistema de freio a disco, que hoje são encontrados na maioria dos veículos. Quando o pedal do sistema de freio é acionado, a pastilha é pressionada contra o disco de freio (componente do sistema que fica acoplado à roda), reduzindo a velocidade do veículo.

 


Mas como ocorre o desgaste da pastilha de freio?


Quando analisamos os materiais dos quais os componentes são feitos fica mais fácil compreender o desgaste. Enquanto as pastilhas de freio são compostas de materiais de baixa rigidez, como resinas e metais em pó, os discos de freio são geralmente produzidos em ferro fundido, o que os torna muito mais resistentes. Então, quando a pastilha é submetida a sua tarefa e entra em atrito contra o disco de freio, ela se desgasta.

Os discos de freio também se desgastam ao longo do tempo e é importante que o componente seja substituído o quanto antes, pois as irregularidades em sua superfície podem aumentar de maneira considerável o desgaste das pastilhas.

 


E quando devo realizar a troca das pastilhas?


Existem alguns sinais que identifica problemas com as pastilhas de freio, sendo um cuidado que não deve ser adiado pelos motoristas. Muitos desses indícios podem ser constatados a partir de uma simples inspeção visual de um profissional qualificado. É importante analisar a espessura das pastilhas, que deve estar dentro da tolerância indicada pelo fabricante, bem como o aspecto geral do componente. Se for encontrado rachaduras ou outros sinais de deterioração, certamente as pastilhas já estarão no final de sua vida útil e devem ser trocadas também.

Outra maneira de identificar problemas é observando o momento em que o pedal do freio é acionado. Quando as pastilhas do freio estão gastas, é preciso frear por muito mais tempo até que o veículo pare totalmente. Quando o pedal do freio fica mais baixo que o normal ou barulhos metálicos são produzidos quando a pastilha entra em contato com o disco em movimento também devemos tomar cuidado.

Os donos de veículos automáticos devem ficar ainda mais atentos, já que as pastilhas costumam se desgastar mais rápido nesses modelos.

 

Mesmo que o seu veículo não apresente nenhum desses sintomas, é importante fazer uma inspeção de rotina a cada 5 mil quilômetros em média. E quando a substituição for necessária, o ideal é fazer uma averiguação completa do conjunto de freios, se certificando de que os demais componentes estão em bom estado.

 



7 dicas para aumentar a durabilidade das pastilhas de freio.


É impossível indicar um período exato para a troca das pastilhas de freio, já que seu desgaste depende diretamente da forma como o sistema de freio é utilizado. Mesmo assim, existem cuidados que podem ser adotados pelos motoristas para aumentar a sua durabilidade.

Listamos para você 7 dicas importantes para aumentar a durabilidade das pastilhas de freio. Confira:


1.  Na descida, deixe o carro engrenado em uma marcha adequada para manter uma velocidade constante e usar menos o sistema de freio (chamado freio motor);

2.  Não rode com o carro acima do peso permitido ou especificado pelo fabricante;

3.  Nunca desligue o motor com o carro em movimento. O servo-freio (peça que deixa o freio macio) para de trabalhar e deixa o pedal bem pesado, sobrecarregando o sistema de freio;

4.  Evite frear dentro de curvas, essa ação desgasta mais o sistema de freio;

5.  Sempre procure frear suavemente o veículo, reduzindo a velocidade em uma distância maior antes de chegar próximo a um obstáculo;

6.  O freio de mão deve ser usado somente com o carro parado, para mantê-lo estacionado. Só deve ser usado com o carro em movimento em caso de emergência, como, por exemplo, na falta do freio de pedal;

7.  Respeite a manutenção periódica do sistema de freio. É importante olhar os discos e pastilhas e trocar do fluído de freio.



Na hora de trocar a pastilha de freio e seus componentes, escolha um componente de qualidade para garantir uma frenagem eficiente e segura. Produtos de procedência duvidosa, além de durarem muito menos podem colocar a segurança dos ocupantes em risco.



Matérias relacionadas:



Gostou do conteúdo? Siga a gente no Facebook e Instagram e fique por dentro de tudo!

Fonte: Fras-le